A Visão

A Visão

A Igreja Calvary Curitiba tem a finalidade de atingir a comunidade em Curitiba e todo o Brasil com o evangelho de Jesus Cristo estabelecendo igrejas cheias do Espírito para aproximar as pessoas a Jesus e levantar lideranças entre os cristãos.

 

 Valores

  • EQUILÍBRIO
  • CONEXÃO
  • PROPÓSITO
  • ESPERAR E BUSCAR

 

EQUILÍBRIO – A Calvary Curitiba é uma igreja que crê fielmente nas Escrituras e segue a Cristo e sua Palavra em tudo aquilo a que se propõe. Nós acreditamos em duas razões pelas quais a igreja exista aqui na terra: Primeiro para o fortalecimento do próprio corpo de Cristo e segundo para alcançar com a mensagem de esperança e amor em Jesus Cristo àqueles que estão perdidos e morrendo ao nosso redor. Se a igreja quer enfatizar o “corpo de Cristo” e busca fortalecimento através de suas ações, mas por outro lado negligencia todas as formas de evangelismo a igreja pode entrar em desequilíbrio. O reverso também pode ser verdadeiro. Se a igreja enfatiza o evangelismo sobre todas as coisas e descuida nos cuidados com o corpo, ela em consequência terá discípulos sem condições para o crescimento espiritual.

Um dos nossos maiores alvos é o de estabelecer o equilíbrio entre estes dois importantes propósitos da igreja. Nós trabalhamos para o fortalecimento do corpo e também no evangelismo. Assim para fortalecer o corpo nós usamos vários aspectos da vida cristã. Em Atos 2:42, Lucas descreve para seus leitores em que atividades a igreja primitiva participava como uma comunidade: “e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações”. Estes quatro aspectos da vida Cristã são os pontos vitais que a igreja enfatiza. Então o que são exatamente estes pontos?

1- A doutrina dos apóstolos – Os ensinamentos dos apóstolos foram fundamentais no desenvolvimento da doutrina da igreja primitiva. Por este motivo a igreja preservou as cartas e documentos que foram escritos pelos apóstolos; para poder circular seus ensinamentos e subsequentemente fortalecer as igrejas ao redor do mundo. Muitas destas cartas e documentos fazem parte integrante do nosso Novo Testamento a que temos acesso hoje. Sendo assim a Calvary Curitiba utiliza estes textos dos apóstolos e ensina-os literalmente verso a verso, capítulo a capítulo, para se apropriar de tudo o que foi relatado e mergulhar em seu contexto. Nós focamos especificamente no ensino da palavra de Deus baseados no que está escrito em II Timóteo 3:16-17, “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra”. Através do ensino da palavra de Deus nós estamos trabalhando no sentido de fortalecer os cristãos de nossa igreja e equipá-los para melhor servi-Lo.

2- Comunhão – A palavra comunhão no grego, a língua original em que o Novo Testamento foi escrito, é Koinonia. Esta palavra significa uma profunda conexão e compartilhamento entre as pessoas. A igreja primitiva não negligenciava a comunhão, se encontrando diariamente no templo ou na casa das pessoas. A igreja não era tão somente um aspecto em suas vidas, mas parte integrante em tudo o que faziam. Na Calvary Curitiba nós estamos tentando construir uma comunidade na qual os cristãos seriam como os membros da igreja primitiva descrita no livro de Atos. Nós não buscamos relacionamentos superficiais entre indivíduos que se encontram na igreja de tempos em tempos; nós queremos ser uma família que compartilha suas vidas. Nós também queremos a unidade de nossa família que resultará em fortalecimento da saúde de nosso corpo como um todo. Então nós temos muitas oportunidades durante a semana para as pessoas se reunirem e compartilharem suas vidas, mesmo vivendo em um mundo tão agitado. Reuniões, cultos, estudos; grupos pequenos e eventos que possibilitam desenvolver laços mais firmes e o fortalecimento da nossa igreja.

3- Partir do pão – Voltando ao primeiro século, a igreja tinha o costume de celebrar a Cristo através do que eles chamavam de a festa Ágape, ou a festa do Amor. Esta festa era similar ao que nós fazemos hoje reunindo a família para refeições onde cada um traz algum prato e assim todos participam de uma imensa celebração. Parte desta festa inclui comunhão, com a lembrança do corpo e sangue de Jesus que se deu em sacrifício pelos nossos pecados. Jesus falou a seus discípulos para comer o pão e beber do cálice em Sua memória. Paulo também, em I Coríntios 11:26 nos instrui: “Porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha”. Sendo assim esta celebração é um belo ato de adoração que seus discípulos exerciam com regularidade. A igreja primitiva assim o fazia em sua festa do amor; eles adoravam o Senhor em celebração. A Calvary leva a sério esta comunhão. Nós participamos da ceia do senhor todos os domingos para lembrar a morte do Senhor até que Ele retorne. E com frequência nós temos refeições após o culto, celebrando a Cristo assim como a igreja primitiva o fazia. Naturalmente, nós também temos espaço para a adoração através da música em todas as semanas, oferecendo a Deus nosso louvor, como está escrito em Hebreus 13:15: “Por ele, pois, ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome”. Portanto adoração é um dos aspectos da igreja que nós mais enfatizamos.

4- Orações – A oração é poderosa. Ela muda as coisas pelo poder de Deus. Ela é tão importante na igreja primitiva que em Atos 6:4, vemos os apóstolos se dedicando a ela, quando afirmam: “Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra”. Mesmo quando Pedro foi preso e jogado na prisão em Atos 12, assim que ele foi libertado pelo anjo durante a noite, ele foi direto para a casa de Maria, “...onde muitas pessoas estavam reunidas e oravam”. Jesus ainda citou o Velho Testamento dizendo: “Minha casa será chamada casa de oração”. Deus deseja ver seu povo orando para Ele. E isto é exatamente o que a Calvary pretende fazer: construir uma comunidade Cristã que clame e busque a Deus em tudo para receber poder e direção em tudo o que fizermos. Nós já vimos Deus começar a trabalhar em nossa igreja através de nossas orações e esperamos vê-Lo fazer muito mais para que continuemos a crescer nesta área da vida Cristã. Como igreja nós lutamos para ter todos os quatro pontos igualmente enfatizados para o desenvolvimento de uma igreja saudável. Se um desses pontos é negligenciado o corpo irá experimentar a falta de algum importante ingrediente que é indispensável para a boa saúde. Por exemplo, se somente ensinamos a doutrina correta e negligenciamos a oração, a igreja pode ir em direção à uma ortodoxia morta; um estado onde a igreja não tem vida espiritual, embora ensine o que é correto. Doutrina é extremamente importante, especialmente quando combinada aos ensinamentos corretos. Mas sem a força da oração os ensinamentos se tornam mortos e o corpo no final se tornará infrutífero. A mesma coisa acontece com qualquer um dos pontos citados. Se enfatizamos o louvor e criamos uma atmosfera de música e adoração, mas negligenciamos a comunhão, o culto será um show e a igreja certamente resultará em pessoas que não estarão conectadas umas as outras espiritualmente.

Há muitos anos a Calvary Curitiba tem trabalhado no crescimento destas áreas na vida da igreja. Nós cremos que buscando fortalecer estes quatro pontos da igreja, Deus irá nos abençoar e fortalecer nossa igreja através da transformação de vidas. Isto também nos preparará para fazer mais evangelismo, pois o corpo estará mais preparado para receber novos Cristãos ou visitantes na nossa comunidade. Sem um corpo forte o evangelismo não é efetivo. Assim na medida em que nosso corpo é fortalecido estamos promovendo o evangelismo mais e mais para ver Deus salvando mais almas. Como diz o ditado: “Ovelhas saudáveis se multiplicam”. Este é nosso objetivo.

 

CONEXÃO – A ideia de estabelecer conexões, naturalmente, começa com nosso relacionamento com Deus. Nós temos de conectar com Deus intimamente antes de qualquer coisa. Nosso relacionamento com Deus irá então guiar-nos e fortalecer-nos para qualquer empreitada. Nós queremos imperiosamente ver as pessoas se conectando com Deus de forma profunda através de nossa igreja. Depois disto a conexão continua com a comunhão. Nós desejamos ver verdadeira comunhão entre os Cristãos, onde eles possam ter profundos e significativos inter-relacionamentos para se fortalecerem uns aos outros em sua fé em Jesus Cristo e se apoiarem nos momentos de fraqueza. Nós queremos compartilhar nossas vidas assim como fez a igreja primitiva, encontrando-nos regularmente para uma sólida conexão.

Nós também desejamos ver uma conexão de cada indivíduo com a igreja. Isto significa que as pessoas não estão somente frequentando a igreja regularmente, mas também sendo parte do que a mesma está fazendo; como envolvimento em pequenos grupos, participando em eventos e projetos; encontrando meios para usar seus dons para servir ao Senhor. Também muitas pessoas vão à igreja inconsistentemente ou mesmo de forma consistente, mas não servem de modo algum. Eles não têm conexão verdadeira com a igreja e consequentemente não cumprem por completo a vontade de Deus para suas vidas. O resultado é uma igreja fraca e vidas pessoais não tão significativas como deveriam ser. Através de conexão real com os outros e com a igreja as pessoas fortalecerão a igreja e serão abençoadas com a verdadeira satisfação, pois estarão cumprindo a vontade de Deus para suas vidas.

A parte final desta ideia de conexão é compromisso. Conectar com a igreja e com as pessoas que a compõe envolve real compromisso. Na nossa sociedade consumista os indivíduos estão sempre pensando que situação lhes é a de melhor proveito. Isto não é de todo errado. As pessoas precisam encontrar a igreja que é mais adequada para elas. Mas assim que as encontram precisam estabelecer um compromisso com ela e seus membros. Sem esse comprometimento as pessoas acabam “pulando” de igreja em igreja e tão logo as coisas rumem para um caminho indesejado elas mudam para a próxima igreja na expectativa de que as condições serão melhores. Esta constante troca causa uma quebra nos relacionamentos no corpo de Cristo e impede o desenvolvimento da maturidade Cristã. Ao invés de lidar com os problemas e questões entre os membros da igreja, as pessoas acham mais cômodo correr para uma nova igreja. Nós buscamos pessoas comprometidas: comprometidas com Cristo, com Seu povo e Sua Igreja.

 

PROPÓSITO – Deus é surpreendente. Ele tem um plano surpreendente para Seus filhos, isto é; aqueles que estão em Cristo Jesus. Ao final Ele nos arrebatará para estar com Ele nos céus em um profundo relacionamento. Mas enquanto não chegar este dia nós estaremos aqui no mundo esperando pela Sua redenção. Enquanto esperamos Deus quer nos usar para servir ao Seu reino; complementando o duplo propósito da igreja. De fato o plano de Deus é bem especifico para cada um de Seus filhos. Um dos melhores exemplos disto é o do evangelista Filipe no livro de Atos. Em Atos 8, Filipe foge de Jerusalém por causa de uma perseguição iniciada por Saulo de Tarso. Ele vai para Samaria e começa a pregar o evangelho e inicia-se um avivamento. No meio do avivamento quando parece que ele deveria estar presente para discipular os novos convertidos; o Espirito Santo o instrui a ir para o sul para a estrada que vai de Jerusalém a Gaza. Deus o estava enviando para uma missão especifica, para um lugar especifico, em um especifico momento para alcançar um homem especifico. O eunuco etíope que estava voltando para seu país. Filipe compartilhou o evangelho com ele que acabou por se converter e ser batizado. Este exemplo é uma perfeita ilustração de como Deus tem especificas tarefas para seu povo em favor de Seu reino.

A vontade de Deus é perfeita; tão perfeita que supera qualquer coisa que planejemos para nós mesmos. Ele sabe o que é melhor, nós não sabemos. Assim nós precisamos buscar Seu plano, não o nosso, para nossa igreja e nossas vidas. Na Calvary Curitiba nós queremos ver cada pessoa descobrindo a vontade de Deus para sua vida e cumprindo esta vontade. Nós compreendemos que cada pessoa tem um diferente chamado, principalmente baseado nos diferentes dons que Deus nos concede. Por exemplo; a pessoa que tem o dom de ensinar terá um diferente chamado de Deus comparado a uma pessoa com o dom da administração. Então nós queremos fazer discípulos que busquem a vontade de Deus para suas vidas para que assim possam servi-Lo melhor e completar as obras que Deus lhes tem designado, independente dos dons que eles tenham. Nós queremos a vontade de Deus: nada mais, nada menos. Nós queremos ver as pessoas usando seus dons para maior maturidade e responsabilidades, mesmo sendo enviadas a outros lugares pela nossa igreja para servir ao Senhor e preencher o propósito Divino. Deus tem um propósito para a vida de cada um de nós e queremos ver cada um realizando-o para a glória de Deus.

 

ESPERAR E BUSCAR – Outro de nossos principais objetivos é o de não queretmos “limitar” Deus em qualquer coisa que Ele pretenda fazer na nossa igreja ou através da mesma. Nós estamos cientes de que Deus tem planos que vão além que tudo o que possamos pedir ou imaginar. Sendo assim queremos abrir nossos corações para receber completamente aquilo que Ele tem reservado para nós. Infelizmente muitos cristãos limitam Deus nas suas vidas ao simplesmente traçar seus próprios planos e objetivos, tentando atingi-los ou pedindo para Deus abençoá-los. Quando nos submetemos à vontade de Deus e Seus planos, entregando tudo a Ele, nós permitimos que Ele seja soberano e revele Seus planos para nossas vidas e igreja. Isso é o que realmente importa. Eis porque nós cremos firmemente que se separarmos tempo para esperar em Deus a cada semana, poderemos ouvir do Senhor o que Ele quer nos falar e assim seguir a Sua vontade. Salmo 46:10 nos diz: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra”. Depois em Salmos 105:4 lemos: “Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente”. E novamente Salmos 130:5-6 diz: “ Aguardo ao Senhor; a minha alma o aguarda, e espero na sua palavra. A minha alma anseia pelo Senhor, mais do que os guardas pelo romper da manhã, sim, mais do que os guardas pela manhã”.

Este conceito de esperar e buscar no Senhor tem sido infelizmente tão desprezado nas igrejas hoje em dia. Quantas pessoas perdem a oportunidade de receber o que Deus tem para elas por simplesmente não seguirem estas instruções. Na Calvary Curitiba nós damos plena importância a esta ideia, sabendo que Deus honrará Sua palavra e nos guiará enquanto O buscamos. Esperando no Senhor, Ele nos tem revelado novas estratégias de evangelismo, novos ministérios para investirmos como servir em orfanatos e mesmo melhores maneiras de treinar novos líderes. Então nós tentamos enfatizar esta ideia de esperar e buscar o Senhor no intuito de receber uma visão mais nítida diretamente da fonte, Deus. Assim que caminhamos fazendo as coisas que Ele nos revela, nós realizamos Sua vontade, não a nossa, e assim não o limitamos.